domingo, 14 de outubro de 2012

Catecismo - Conhecendo a nossa fé


Nesta semana (dia 11 de outubro) começou o ano do fé e com ela um grande incentivo no aprofundamento na doutrina da Igreja. Neste aprofundamento, o catecismo é o nosso maior aliado e junto dele temos o Compêndio, o Youcat, ambos aprovados e indicados pelo Papa Bento XVI.



Estudar o catecismo é antes de tudo um ato de amor para com Jesus Cristo e a Igreja.

Hoje veremos alguns aspectos da nossa fé através do compêndio do Catecismo da Igreja Católica.


28. Quais são as características da fé?

A fé, dom gratuito de Deus e acessível a todos os que a pedem com humildade, é virtude sobrenatural necessária à salvação. O ato de fé é um ato humano, ou seja, um ato da inteligência do homem que, sob o impulso da vontade movida por Deus, dá livremente o próprio consenso à verdade divina. Além disso, a fé é certa porque fundada na Palavra de Deus, é operosa "pelo amor" (Gl 5,6); está em contínuo crescimento graças, em particular, à escuta da Palavra de Deus e à oração. Ela nos faz prelibar desde já a alegria celeste.
153-165 179-180 -183-184 

29. Por que não há contradições entre fé e ciência?

Embora a fé supere a razão, jamais poderá haver contradição entre fé e ciência, porque ambas têm origem em Deus. É o mesmo Deus que dá ao homem tanto a luz da razão quanto a fé. 159 
"Crê para compreender, compreende para crer"
(Santo Agostinho)


Os Símbolos da fé 

33. O que são os Símbolos da fé?

São fórmulas articuladas, chamadas também de "profissões de fé" ou "Credo", com que a igreja, desde suas origens, expressou de modo sintético e transmitiu a própria fé com uma linguagem normativa e comum a todos os fiéis. 185-188 192, 197 

34. Quais são os mais antigos Símbolos da fé?

São os Símbolos batismais. Uma vez que o Batismo é dado "em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo" (Mt 28,19), as verdades de fé neles professadas são articuladas em referência às três Pessoas da Santíssima Trindade. 189-191 

35. Quais são os mais importantes Símbolos da fé?

São o Símbolo dos Apóstolos, que é o antigo Símbolo batismal da Igreja de Roma, e o Símbolo niceno-constantinopolitano, fruto dos primeiros dois Concílios Ecumênicos de Nicéia (325) e de Constantinopla (381) e ainda hoje comum a todas as grandes Igrejas do Oriente e do Ocidente. 193-195

Continue a companhando o blog e juntos vamos estudar esta preciosa obra da nossa Igreja, o Catecismo da Igreja Católica (CIC).

Nenhum comentário:

Postar um comentário